Câmara de Viseu acredita na construção da nova barragem de Fagilde

O presidente da Câmara Municipal de Viseu revelou que o ministro do Ambiente estará em Viseu até ao final do primeiro trimestre deste ano para tratar da construção da nova barragem de Fagilde.

“O ministro foi extremamente cooperante e combinámos logo uma reunião de trabalho, em fevereiro, e aqui, com gente com capacidade de decisão. E, consequentemente, vamos ter o ministro aqui no final do primeiro trimestre”, afirmou Fernando Ruas.

No final da reunião de hoje do executivo municipal, o autarca contou aos jornalistas que deu a conhecer a reunião, na última semana, com o ministro do Ambiente, Duarte Cordeiro, o secretário de Estado e outras entidades, como a Agência Portuguesa do Ambiente (APA).

Um encontro no qual foi debatida a construção da nova barragem de Fagilde, a construção do açude do Catavejo, a desativação de sete estações de tratamento de águas residuais (ETAR) e o aproveitamento de águas residuais para fins industriais.

“O ministro vai trazer, sem dúvida, a resposta à construção da nova barragem, porque, neste momento, a única preocupação do ministro é como a que a vai financiar. Fiquei com a ideia de que vai ser uma nova barragem e um bocadinho mais abaixo, mas isso também não me preocupa muito. O importante é que ela triplique a capacidade de água”, afirmou.

Dos outros assuntos levados por Fernando Ruas ao encontro com o Governo, o autarca mostrou-se “muito satisfeito” com a abertura para a sua resolução, como o da construção do açude do Catavejo, na freguesia de Mundão, onde nasce o rio Pavia.

A desativação de sete ETAR também “está no caminho certo, sendo que a mais problemática é a de São Salvador”.

“Neste momento, há 14.000 metros cúbicos de água por dia que são desperdiçados e que queremos reter para poder usar em regas, mas para isso é preciso investir, e é um grande investimento, e foi para isso que pedimos ajuda”, disse.

Fernando Ruas admitiu que a ETAR Viso Sul, na freguesia de Vila Chã de Sá, “pode ser um bom local” para o seu reservatório, “já que é um ponto alto para depois a água ser distribuída”, mas, “para isso, é preciso um grande investimento”.

“Se fizermos um sistema autónomo, paralelo, para estas águas, podemos ter um sistema de rega público e até privado, por exemplo, com um contador e a um preço mais baixo, sem o problema de proibir as regas no verão”, admitiu.

Partilhar
Autor
Picture of Notícias de Viseu
Notícias de Viseu
Notícias de Viseu é um órgão de informação regionalista, independente, livre de influências políticas, económicas, religiosas ou quaisquer outras, votado à prática de uma informação cuidada, verdadeira e objetiva.

Novidades

1
Antoni Shkraba:Pexels
Financiamento de carros usados em Portugal: saiba como obter taxas mais baixas
2
pexels-andrea-piacquadio-3764013
5 Cuidados com a Pele que Deve Ter Atenção Durante o Inverno
3
poema
Wilson de Oliveira Jasa
4
pexels-ruandom-zhong-12921131
Parque infantil de Passos de Silgueiros será reconstruído

Artigos relacionados

Visita e protocolo Recreio 1
bottle-2032980_1280
thomas-thompson-KEWVZAwkLxQ-unsplash
Académico_de_Viseu
Entre em contacto

+351 232 087 050
*Chamada para rede fixa nacional

geral@noticiasdeviseu.com
publicidade@noticiasdeviseu.com

Avenida do Convento nº 1, Complexo Conventurispress, Orgens 3510-674 Viseu

Subscrever Newsletter
Procurar
Últimas notícias
Visita e protocolo Recreio 1
Câmara de Tondela apoia obras em edifício que acolherá creche no Caramulo
bottle-2032980_1280
Município de Lamego melhora desempenho das estações de tratamento de água
thomas-thompson-KEWVZAwkLxQ-unsplash
Associação do Dão lança projeto turístico que permite experiências rurais
Académico_de_Viseu
Rui Ferreira é o novo treinador do Académico de Viseu