Assembleia Municipal de Tondela aprova orçamento de 33 ME para 2024

A Assembleia Municipal de Tondela aprovou o orçamento do município para 2024, no valor de 33 milhões de euros (ME)e que teve em atenção a transição de ciclo de quadros comunitários.

A presidente da Câmara Municipal de Tondela, Carla Antunes Borges (PSD), referiu que se trata de um orçamento de transição de ciclo, uma vez que o atual quadro comunitário está a chegar ao fim e não se prevê que o novo “esteja em execução física ou financeira durante o ano de 2024”.

Esta transição de quadros comunitários foi uma das explicações que a autarca apresentou para justificar a redução em cerca de dez milhões de euros do orçamento para 2024, comparativamente ao deste ano.

A inflação, as alterações governativas, as guerras na Ucrânia e no Médio Oriente e os atrasos no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) foram outros fatores que considera terem “penalizado” o documento.

Segundo Carla Antunes Borges, este é também “um orçamento de proximidade” que evidencia os compromissos políticos do executivo com as populações.

“O orçamento foi articulado com os senhores presidentes de junta. Ouvimos o que eles tinham para nos dizer, acolhendo, dentro das nossas possibilidades, as obras que entendemos ser prioritárias e refletindo-as nas Grandes Opções do Plano (GOP)”, contou.

A autarca social-democrata explicou que o orçamento e as GOP estão alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) traçados pela Organização das Nações Unidas (ONU), com o objetivo de aumentar o índice de desenvolvimento sustentável do território.

“Este orçamento reflete uma dinâmica de modernidade vertida na tradução à escala municipal dos ODS. De uma forma muito concreta quisemos traduzir esses objetivos em realizações a nível local e que o nosso orçamento e as GOP espelhassem também a concretização desses objetivos”, sublinhou.

De entre os projetos que constam nas GOP, destaca-se o lançamento do Orçamento Participativo, que nesta primeira edição terá uma dotação de 50 mil euros e dará prioridade a obras na área da inclusão social.

Nas GOP estão também inscritas verbas para a execução das obras de requalificação da Escola Básica 2,3 de Campo de Besteiros, a criação da Loja do Cidadão e a requalificação da Unidade de Saúde Familiar (USF) de Tondela, que avançarão com a ajuda do PRR.

A execução da Estratégia Local de Habitação, as obras de ampliação da Zona Industrial do Lajedo, a criação de uma nova área de acolhimento empresarial mais vocacionada para o ambiente no Borralhal (junto ao Planalto Beirão), a reabilitação da Ribeira de Dardavaz e a requalificação da Estrada Municipal 1515 (que liga Jueus a Laceiras) são outras obras previstas.

O grupo municipal do PS votou contra o Orçamento e as GOP para 2024, documentos que foram aprovados na Assembleia Municipal de quinta-feira.

Na sua declaração de voto, os socialistas criticaram que, “mesmo que sem financiamento ainda assegurado pela via dos fundos públicos nacionais e comunitários, não se regista a inscrição para abertura de rubrica de qualquer projeto novo que possa estar preparado para ser candidatado às medidas que estão abertas ou às que venham abrir candidaturas”.

“Continua-se, a meio do mandato, ainda a discutir projetos lançados pelo anterior executivo, normalmente pelos maus motivos”, lamentaram.

Os socialistas deram como exemplo a “não conclusão das obras, pedidos de prorrogação de prazos ou pedidos de revisões de preços decorrentes dessas sucessivas prorrogações, sem certezas de qual será a execução física elegível que termina a 31 de dezembro e que encargos não financiados sobrarão para o município neste encerramento do Programa Operacional Centro 2020”.

Os socialistas estranharam “a existência de mais de 60 obras/investimentos com dotação inicial de um euro” e questionaram se não se estará perante “um orçamento de faz de conta para um ano ou se é uma refundação do programa eleitoral, já que o saldo de gerência não vai chegar, nem de perto nem de longe, para os dotar de verba suficiente para a concretização em 2024”.

Partilhar
Autor
Picture of Notícias de Viseu
Notícias de Viseu
Notícias de Viseu é um órgão de informação regionalista, independente, livre de influências políticas, económicas, religiosas ou quaisquer outras, votado à prática de uma informação cuidada, verdadeira e objetiva.

Novidades

1
Académico_de_Viseu
Rui Ferreira é o novo treinador do Académico de Viseu
2
espetáculo teatro
Boneca com inteligência artificial promove reflexão sobre abuso sexual em Viseu
3
pexels-boom-12585940
Jornalistas desportivos distinguem Carlos Lopes por mérito internacional
4
pexels-blooddrainer-566496
Mata do Fontelo, em Viseu, vai ser classificada monumento nacional 

Artigos relacionados

Visita e protocolo Recreio 1
bottle-2032980_1280
thomas-thompson-KEWVZAwkLxQ-unsplash
Prémio Heathy 3
Entre em contacto

+351 232 087 050
*Chamada para rede fixa nacional

geral@noticiasdeviseu.com
publicidade@noticiasdeviseu.com

Avenida do Convento nº 1, Complexo Conventurispress, Orgens 3510-674 Viseu

Subscrever Newsletter
Procurar
Últimas notícias
Visita e protocolo Recreio 1
Câmara de Tondela apoia obras em edifício que acolherá creche no Caramulo
bottle-2032980_1280
Município de Lamego melhora desempenho das estações de tratamento de água
thomas-thompson-KEWVZAwkLxQ-unsplash
Associação do Dão lança projeto turístico que permite experiências rurais
Académico_de_Viseu
Rui Ferreira é o novo treinador do Académico de Viseu