Académico de Viseu vence Trofense por 3-1 com mais um ‘bis’ de André Clóvis

303

O Académico de Viseu venceu hoje o Trofense por 3-1, em Viseu, com um ‘bis’ de André Clóvis, em partida da 13.ª jornada da II Liga de futebol, e aumentou para 10 o número de jogos consecutivos sem perder.

Maiga adiantou os forasteiros os 32 minutos, Mutsinzi, num autogolo aos 45+1, devolveu o empate ao marcador, e um ‘bis’ de André Clóvis, aos 70 e 75 minutos, deu mais três pontos aos viseenses

Manhã de sol, mas uma primeira meia hora muito fria, sem motivos de interesse, com as emoções reservadas apenas para os 15 minutos finais do primeiro tempo.

Aos 32 minutos, o Trofense adiantou-se no marcador, após uma desatenção de Toro, que se deixou antecipar, com a bola a ser colocada rapidamente em Maiga, que rematou forte e colocado batendo Domen Gril.

O Académico de Viseu sentiu o golo e o Trofense voltou a ameaçar, de novo por Maiga, com mais um remate forte de pé esquerdo, que Gril defendeu com dificuldade.

Já nos instantes finais da primeira parte, os beirões chegariam ao empate, após uma rápida incursão pela direita, com Toro a cruzar e Mutsinzi, para evitar que a bola chegasse a André Clóvis, a fazer um autogolo.

No segundo tempo, e numa fase em que o Académico de Viseu estava melhor no jogo, o Trofense ficaria reduzido a 10 jogadores, com a expulsão de Okitokanjo, aos 61 minutos, ao ver o segundo amarelo, após falta sobre Vítor Bruno.

A formação de Bruno China acabou por se ressentir da inferioridade numérica e os comandados de Jorge Costa aproveitaram para sentenciar o jogo com um ‘bis’ de André Clóvis, primeiro aos 70 minutos, após um cruzamento de Bandeira da direita, e o segundo a culminar um grande trabalho de Capela na área, com o ponta-de-lança viseense a colocar de cabeça, fora do alcance de Miguel Santos.

Após a 13.ª jornada, o Académico de Viseu sobe, à condição, ao sexto lugar, com 20 pontos, enquanto o Trofense continua no 16.º lugar, em zona de ‘play-off’, com oito pontos.

Jogo disputado no Estádio Municipal do Fontelo, em Viseu.

Académico de Viseu – Trofense: 3-1.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

0-1, Maiga, 32 minutos.

1-1, Mutsinzi, 45+1 (autogolo).

2-1, André Clóvis, 70.

3-1, André Clóvis, 75.

Equipas:

– Académico de Viseu: Domen Gril, Bandeira, André Almeida, Arthur Chaves, Vítor Bruno, Nduwarugira, Messeguem (Famana Quizera, 64), Toro (Capela, 64), Yúri Araújo, Gautier Ott e André Clóvis (Tomás Silva, 90).

(Suplentes: Mbaye, Ícaro Silva, Famana Quizera, Ramirez, Capela, Tiago Mesquita, Daniel Labila, Tomás Silva e Paná).

Treinador: Jorge Costa.

– Trofense: Miguel Santos, Tiago Manso (Daniel Liberal, 77), Simão Martins, Mutsinzi, Tiago André (Schuerrle, 83), Vilson Caleir (Valente, 77), Vasco Rocha (Pachu, 83), Bandaogo, Bechou, Okitokandjo e Maiga.

(Suplentes: Tiago Silva, Martim Maia, André Leal, Vanilsom, Daniel Liberal, Valente, Pachu, Shurrle e Pablo Freitas).

Treinador: Bruno China

Árbitro: Flávio Lima (AF Lisboa).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Vilson Caleir (7), Toro (16), Okitokandjo (37 e 61), Gautier Ott (41), Vítor Bruno (72), Maiga (73) e Bechou (89). Cartao Vermelho, por acumulação de amarelos, Okitokandjo (61).

Assistência: Cerca de 700 espetadores.